Fuçar

sexta-feira, 8 de junho de 2007

A porcaria da pedra.


...Havia uma pedra no caminho. No caminho havia a porcaria de uma pedra. Onde tropecei, quebrei os 4 dentes da frente, arrebentei o dedão do pé esquerdo, e esfolei as palmas das mãos.
Mas nessa altura do caminho eu já estava cansado mesmo. A porcaria da pedra mais ajudou do que atrapalhou.
Quando eu estava sozinho a porcaria da pedra foi a única “coisa” que me ajudou. Deitou-me no chão quando eu estava cansado, fez eu sentir a dor física e esquecer que o meu coração havia se despedaçado.
Foi caído no chão que eu pude ver as coisas e o mundo de uma perspectiva diferente, com poeira nos olhos.
Foi vendo o sangue se esvair das minhas mãos que pude entender o real sentido da vida. E ela escapava gota a gota.
E foi ai, que decidi viver de verdade.

Superei os traumas, colei meu coração partido, fiz re implante dentário. Sou feliz.

Hoje vivo bem, graças a Deus.

E graças a indenização que a prefeitura pagou por ter deixado aquela porcaria de pedra no caminho.

12 comentários:

Arne Balbinotti disse...

As vezes André, as pedras são necessárias... ótimo texto, abs e me avise sempre.

Loucos do blog disse...

Isso que eu chamo de ver o lado bom das coisas.

R. Cesar disse...

Legal esse seu texto...
e seu blog tah mto bom...

e vc tb tem um cocker é?? e sabado e dia de banho em cachorro por ai???rsrs

abraço

Neto disse...

que bom que vc ver sempre o outro angulo da vida

continue assim
so preste mais atençao quand for andar pela rua;

huahuahuahuahuahaua

ByVJ disse...

cara se um tropeço na pedra te fez isso...
dah próxima tenta ser atropelado! Vai ser mais irado a perspectiva!
rodopios! hehehe

Alfredo Araújo disse...

hhahuahuauahua... cara, muito bom, gosto de obras revisitadas em outras perspectivas.E o legal é que vc inverteu o pessimismo da poesia original por um otimismo esmulambado, escrachado.

Parabéns pelos textos do seu blog, é muito fácil achar por aí blogs com um layout muito bem feito, outros até tem conteúdo diverso atrativos e tal, mas blog autoral com textos interessantes é muito difícil, o seu é um dos raros que achei, continue assim.

Diego Moretto disse...

Realmemte cara, UHAUAHAUHAUHUAHUAH. Algumas pdras vem para o bem, UHAUHAUAHUHAA. Repito: Isso que eu chamo de ver o lado bom das coisas.
abs!

Noturno disse...

Cara muito legal...è ...é mesmo saber sempre "extrair" o lado bom de tudo...Bem legal

Curvas Perigosas disse...

Superei os traumas, colei meu coração partido, fiz re implante dentário. Sou feliz. hahahhahahhahaha... MARAVILHOOOOOOOOOOOSO....

As pedras ajudam... e as vezes são necessárias... Parabéns. Bjo

O blog ativo é http://mdefrases.blogspot.com

R Lima disse...

Texto bom cara.. conjugando o real ao imaginário... mas e as pedras do caminho.. aquelas problemáticas e impostas por nós mesmos..??

As vezes me sinto carregando pedras e tropeçando nas que deixei pelo caminho..

Um dia a gente aprende.

Abraços,




[ http://oavessodavida.blogspot.com/ ]

O AveSSo dA ViDa - um blog onde os relatos são fictícios e, por vezes, bem reais...

Verônica disse...

muito bom meu querido...
se fosse apenas um texto para lições de moral,mas não,é a sua cara,é uma mistura de vc,muito bom msm,continue escrevendo,nos divertindo,e nos ensinando...!!!

obrigada pela oportunidade de cmentar algo tão maravilhoso...

Arne Balbinotti disse...

Você ainda vive?
Ou revive?
Onde andas menino que se ausentou de seu blog, deixando inumeros fãs desamparados e desmotivados... (ouve-se ao fundo sons de choro e lamentação)
Volte ó grande ordenador das letras.
(trovões e relampagos arrematam a cena)
E eis que ele aparece...
Hahaha... brincadeira a parte, é que fazia tempo que eu não atuava.
Mas falando sério, acho que tem uma pedra no meu caminho.